“Pra se Misturar – Outros Nordestes Musicais” no BNB Clube, 16.09. Agende-se!

0
346

“Pra se Misturar – Outros Nordestes Musicais”. Três dos mais aclamados compositores cearenses, de diferentes gerações, unidos pela primeira vez em um show inédito, dedicado a seu repertório autoral e a canções que os influenciaram, palmilhando o chão sagrado da musicalidade do Nordeste para o Brasil.
 
Assim é o show que Edinho Vilas Boas, Fernando Rosa e Juruviara – cada um deles autor de canções intensas e reveladoras de uma verve natural e poderosa, cheia de nordestinidade espontânea e inerente, longe de clichês e estereótipos – se uniram para conceber. E que estreia na sexta-feira, 16/9, às 20h, no BNB Clube (Av. Santos Dumont, 3646, Aldeota), com realização do Centro Cultural Banco do Nordeste Fortaleza (CCBNB), idealização do produtor e compositor Dalwton Moura, que com eles assina a direção e a seleção de repertório do espetáculo. Além do trio de cantores e compositores, o show conta com Freitas Filho (acordeom) e Rossano Cavalcante (percussão), integrando uma formação coesa e de múltiplas possibilidades sonoras, sempre em favor do que pede cada canção.

O espetáculo nasceu do propósito de destacar toda a beleza, força e originalidade das composições de Edinho Vilas, Fernando Rosa e Juruviara, unindo representantes de três gerações da música do Ceará que se destacaram como compositores marcados pela propriedade e pela autenticidade ao falar das coisas de cá. Dos Nordestes musicais. Cada um à sua maneira, revelando matrizes em comum, mas ressignificando referências e abrindo novas veredas para a canção do Nordeste – acima de tudo, com muita personalidade, carga dramática, intensidade poética e musical.

Destacar e descortinar ao público toda a beleza e a força das composições dos três autores, além da forma singular com que as interpretam como ninguém mais poderia fazer, é o cerne do show “Pra se Misturar – Outros Nordestes Musicais”.

No espetáculo os artistas pisam esse chão com o espírito do tempo do Brasil de 2022, intuindo e partilhando antigas questões que seguem a nos desafiar mas também novos caminhos de resistência, beleza, emoção. Em canções como “Teletransporte pra Quixadá”, “Ei moço” e “Querer querer”, de Juruviara; “Passa passarinho”, “Maré vazante” e “Retumbante”, de Edinho; “Coivara”, “Invernada” e “Canto sombreado”, de Fernando, um alumbramento para o ouvinte. Repertórios de consistência e esmero de cada um dos compositores. E canções de outros autores que os três elegeram para interpretar juntos, da lavra de Geraldo Azevedo, Renato Rocha, Ednardo, Dominguinhos, Nonato Luiz, Fausto Nilo, Belchior, Eugênio Leandro, Petrúcio Maia, Clôdo Ferreira. Gilberto Gil.

O show se faz ainda mais especial por toda a potência realizada quando desse encontro de três cantautores, trovadores que se descobrem, se identificam e crescem juntos, na união de vozes, violões, vontades, visões de mundo… Vidas! Quereres, saberes, fazeres. Em prol da música. E do público.

SERVIÇO:
“Pra se Misturar – Outros Nordestes Musicais”. Estreia sexta-feira, 16/9, às 20h, no BNB Clube (Av. Santos Dumont, 3646, Aldeota). Entrada franca, com a contribuição voluntária de 1kg de alimento.
Realização: Centro Cultural Banco do Nordeste Fortaleza.
Informações: Instragram dos artistas, do BNB Clube e @musicadoceara / 85-99973-3054.